“Não grites comigo”, “Sou ainda uma criança” ou “Perdemos? Mérito do adversário” são alguns exemplos de frases de fair-play com que os jovens atletas de futsal do clube Academia Desportiva Infantil e Juvenil Bairro Miranda (ABM), entrarão em jogo, este sábado, dia 16 de novembro, no Montijo. Frases que marcam a diferença. 

Em vez do tradicional nome dos atletas nas camisolas, a direção do clube decidiu aliar-se ao fair-play, com a inscrição de mensagens para os pais que, muitas das vezes, têm uma conduta imprópria e um comportamento reprovável com árbitros, técnicos e jogadores, onde se incluem os próprios filhos.

“Nos últimos anos temos assistido cada vez mais a excessos de violência verbal mas também física dentro e fora dos pavilhões, razão pela qual nos levou na presente temporada a desenvolver este projeto”, refere Carlos Félix, presidente do clube promotor da iniciativa.

“Encaramos como um contributo para a promoção do desporto e combate ao mau comportamento proveniente das bancadas dos pavilhões por parte de pais, encarregados de educação e público em geral. Há que consciencializar e mudar definitivamente.”

Equipa já conquistou prémio de fair-play

A Academia Desportiva Infantil e Juvenil Bairro Miranda é um clube sediado no concelho de Montijo que, desde a sua fundação em 2003, tem formado dezenas de atletas nos mais diversos escalões.

Para além dos vários títulos desportivos conquistados alia outras distinções e troféus igualmente relevantes, como é exemplo o da temporada passada (2018-2019), quando recebeu, por parte da Associação de Futebol de Setúbal, o Cartão Branco/Fair Play, prémio que incentiva as boas práticas competitivas.