Três projetos que querem ajudar os profissionais de saúde na linha da frente contra a COVID-19

profissionais de saúde na linha da frente da covid-19

Uma pulseira que permite a monitorização digital das pessoas diagnosticadas e/ou suspeitas de infeção pelo novo coronvírus em suas casas, a criação de uma central de apoio técnico e de suporte à utilização de ventiladores e uma plataforma de e-learning que disponibiliza conteúdos sobre Covid-19 para profissionais de saúde: são estes os projetos que criados pelo Health Cluster Portugal (HCP), na luta contra a COVID-19.

Através da sua rede temática Smart Health Network, o HCP lançou mãos à obra e os projetos já estão a ser desenvolvidos no terreno, envolvendo startups e empresas nacionais, parceiros internacionais, instituições de investigação e desenvolvimento e hospitais. 

“O objetivo é apoiar o esforço e a dedicação dos profissionais de saúde no combate à Covid-19 usando o know-how, experiência e conhecimento nos domínios das tecnologias médicas e de saúde digital dos associados do HCP”, revela em comunicado.

Com o nome de ‘Covidmonitoring – Monitorização digital à distância’, a solução permite a monitorização digital de pessoas com diagnóstico ou suspeita da doença sem que tenha de deixar as suas casas.

Através de uma pulseira, é possível monitorizar, remota e localmente, diferentes parâmetros do utilizador: temperatura, nível de saturação de oxigénio, frequência cardíaca, variabilidade do ritmo cardíaco, frequência respiratória, nível de atividade física e ciclos de sono.

E gera alertas mediante o estado clínico da pessoa, que são disponibilizados em formato de relatório gráfico aos médicos de família e de saúde pública para que possam realizar a vigilância ativa dos casos. 

Linha para ajudar com ventiladores

A esta iniciativa, o HCP junta outra: o ‘CovidVentilSupport – esclarecimento e apoio à distância na utilização de ventiladores’

Consciente de que utilização eficaz e segura dos equipamentos de ventilação mecânica invasiva, que se prevê necessária em cerca de 5% dos casos da Covid-19, requer recursos humanos adequadamente habilitados e treinados,  e consciente também de que em Portugal existem equipamentos de diversos fornecedores, este projeto prevê a criação de uma central telefónica de âmbito nacional para apoio técnico e de suporte à operação destes equipamentos, sustentada por clínicos especialistas nesta área.

Uma linha que vai permitir reencaminhar as chamadas dos clínicos que estão a operar os equipamentos para o médico de apoio disponível e com as valências específicas em determinado equipamento.

Mais informações para os profissionais de saúde

Finalmente, o HCP apresenta ainda o ‘CovidLearning – e-learning para formações rápidas em COVID-19’, um projeto que permite dotar médicos/enfermeiros não especialistas, internos, ou de outras especialidades, de competências e conhecimento em procedimentos clínicos relativos à doença Covid-19.

A solução irá utilizar uma plataforma de e-learning já existente e será dado acesso a todos os médicos e enfermeiros. 

Posts relacionados