Dia da Esperança no IPO

Figuras públicas associam-se ao “Dia da Esperança”

Por Marque na Agenda

Ana Bravo, Carla Ascenção, Jorge Gabriel e Miguel Guedes são as caras mais conhecidas. A estas, o IPO do Porto gostaria de juntar muitas outras. Para isso, convida todos os portugueses a partilharem, nas redes sociais, uma fotografia sua com uma flor, com a referência #umaflorpelaesperança.

Porquê? Porque hoje é Dia da Esperança, a mesma que serve de fio condutor para muitos doentes e profissionais de saúde que lidam com o cancro. Para o assinalar, o IPO do Porto lança o movimento “Uma flor pela esperança”, sendo a flor, mais do que o símbolo da primavera, o da esperança dos doentes oncológicos e de todos os que participam em ensaios clínicos, sendo ao mesmo tempo um agradecimento a todos os profissionais de saúde, familiares, amigos e cuidadores.

Celebrado com o apoio da Roche neste IPO desde 2015, o Dia da Esperança quer chegar a todos tornando-se, por isso, Dia Nacional da Esperança.

Para tal, em 2018 foi entregue uma petição na Assembleia da República, com cerca de sete mil assinaturas, que pediam a implementação deste dia.

Uma petição que conseguiu um parecer positivo, aguardando-se apenas que o projeto de resolução, subscrito pelos deputados do PS, PSD, CDS/PP e BE, seja aprovado e promulgado em Diário da República.

Mais de 400 participaram em ensaios clínicos 

Um dia que serve também para homenagear os mais de 400 que participaram em ensaios clínicos no IPO do Porto no ano passado, número que representa um recorde nos últimos cinco anos.

Segundo Laranja Pontes, Presidente do Conselho de Administração do IPO-Porto, é um número que “espelha uma grande maturidade dos doentes e um grande compromisso de todos os profissionais de saúde, no sentido de assegurar o acesso e o desenvolvimento de novas terapêuticas no tratamento oncológico”.