fibrose quística

Especialistas questionam atrasos na aprovação em Portugal de tratamentos inovadores para a fibrose quística

Por País

Porque é que em Portugal uma pessoa com fibrose quística tem de esperar mais nove anos do que noutro país da Europa pelo acesso a um medicamento que faz toda a diferença na sua saúde e esperança de vida? Esta é a questão que a investigadora Margarida D. Amaral, Professora catedrática da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e Diretora do BioISI – Instituto de Biossistemas & Ciências Integrativas, acaba de fazer, numa altura em que os pacientes aguardam a chegada a Portugal de um tratamento inovador que poderá salvar vidas.

Ler Mais