menu especial no restaurante do Chakall

Menu especial celebra o Dia dos Namorados e ajuda crianças com cancro

Por Marque na Agenda

Se ainda não tem planos para o Dia dos Namorados, que tal celebrar o amor com uma refeição confecionada por um conceituado chef e, ao mesmo tempo, contribuir para uma boa causa? Este é o convite feito pelo chef Chakall e pela Fundação Rui Osório de Castro (FROC),  que tem como principal missão apoiar e proteger as crianças com cancro e os seus familiares.

O menu (almoço e jantar) do próximo dia 14 vai, por isso, ser especial. No El Bulo Social Club, em Lisboa, o sabor das refeições vai mesmo ser único, até porque terá um carácter solidário, com 2€ do seu valor a reverter a favor do trabalho da FROC, feito através da partilha de informação fidedigna capaz de esclarecer questões relacionadas com o cancro infantil e promover a investigação em oncologia pediátrica.

“O cancro é a primeira causa de morte por doença nas crianças”

Na apresentação do menu, que contou com a participação de convidados especiais, como Camané ou o alpinista João Garcia, Chakall explicou que se trata de uma forma de “chegar a mais pessoas, convidando-as a virem ao El Bulo Social Club no dia 14 de fevereiro desfrutar destes menus e ajudar, assim, a contribuir para a causa da Fundação Rui Osório de Castro”.

Cristina Potier, diretora-geral da FROC, agradeceu a oportunidade, referindo que “esta é mais uma forma de dar a conhecer a fundação. Este ano completamos 10 anos de existência, ao longo dos quais temos apoiado as famílias destas crianças, prestando esclarecimentos sobre a doença através de seminários, publicações e o portal PIPOP, e também apoiando a investigação em oncologia pediátrica, praticamente inexistente, mas fundamental para o avanço nas respostas aos vários tipos de cancro infantil”.

“O cancro é a primeira causa de morte por doença nas crianças, mas ao contrário do que acontece nos adultos a taxa de sobrevivência é muito positiva, de cerca de 80%”, confirmou Cristina Potier.

“Mas há ainda muito para fazer. É preciso saber mais sobre o cancro pediátrico. É preciso mais investigação para percebermos melhor as suas causas, chegar a uma taxa de sobrevivência de 100% e para que sigam a sua vida com o mínimo de sequelas. Só aí o nosso trabalho deixará de fazer sentido.”

No dia 14 de fevereiro, os menus solidários estarão disponíveis no El Bulo Social Club ao almoço (12h30-16h00) e ao jantar (19h00-1h00). 

No Dia dos Namorados, a ementa vai ser especial.

obras de Vhils

Trabalhos de Vhils ajudam fundação que apoia crianças com cancro

Por Cancro

Alexandre Farto, ou Vhils, junta-se à Underdogs para uma ação de angariação de fundos destinados à Fundação Rui Osório de Castro. O valor resultante da venda online de cinquenta serigrafias e dez provas de artista reverte para a organização, que tem como missão realizar projetos na área informativa e de apoio à investigação em oncologia pediátrica.

Mas há mais. Para as crianças com doenças oncológicas, está a ser organizado, em conjunto com o Vhils, um workshop com um grupo de crianças e adolescentes. “A ideia será que este grupo tenha contacto com o trabalho do Vhils e participe num atelier com o artista e a sua equipa”, explica Cristina Potier, diretora-geral da Fundação.  

Uma parceria que, segundo a mesma fonte, “permitirá dar a conhecer o trabalho da fundação a um público mais abrangente e angariar fundos para os vários projetos” na área do apoio e proteção às crianças e adolescentes com cancro e aos seus pais.

Vhils confessa que não hesitou. O artista não esconde o entusiasmo por poder ajudar “e contribuir para algo tão importante e que poderá ajudar estas crianças e os seus familiares num período tão difícil das suas vidas”.

Solidariedade criativa

Todos os anos, a Fundação aposta em temáticas diferentes para os seus eventos de angariação de fundos. “Nos últimos anos apostámos no desporto com um Torneio de Padel, na cozinha com o Chef Miguel Rocha Vieira e na moda com o estilista Filipe Faísca”, refere Cristina Potier.

Para além do valor angariado pela venda das serigrafias e provas de artista, Vhils e a Underdogs vão doar à Fundação e aos quatro centros oncológicos pediátricos em Portugal (IPO Lisboa, Hospital Pediátrico de Coimbra, IPO Porto e Hospital de S. João) cinco provas geralmente destinadas ao editor.