Nova ferramenta do Facebook

Facebook cria ferramenta para controlar tempo passado nas redes sociais

Por Saúde Mental

O Facebook vai ajudar as pessoas a gerir o seu tempo… no Facebook. Um painel de atividades, um lembrete diário e uma nova forma de limitar as notificações são ferramentas, que surge na sequência de vários estudos que alertam para o impacto na saúde mental do tempo a mais passado nas redes sociais.

“Queremos que o tempo que as pessoas passam no Facebook e no Instagram seja intencional, positivo e inspirador. A nossa esperança é que estas ferramentas possam dar às pessoas mais controlo sobre o tempo que gastam nas nossas plataformas e também estimulem conversas entre pais e filhos sobre os hábitos online adequados”, refere a rede social, em comunicado.

Aceder as estas ferramentas é possível através da página de configurações. Estará disponível uma informação sobre o tempo médio passado na rede social em cada dia e será possível definir um lembrete diário, uma espécie de despertador, que dá sinal quando se tiver atingido o tempo diário desejado.

Redes sociais conquistam 40% da população mundial 

Cerca de três mil milhões de pessoas, qualquer coisa como 40% da população mundial, utilizam as redes sociais, passando nelas uma média de duas horas por dia, entre partilhas, comentários, pesquisas e afins. 

Não é, por isso, de estranhar que tenham sido vários os estudos sobre o impacto deste tempo na saúde, sobretudo a mental. No entanto, os resultados têm sido contraditórios. 

Ainda assim, um estudo recente, realizado pela Universidade de Copenhaga, Dinamarca, confirmou que são muitos os que sofrem de “inveja do Facebook”. A este junta-se outro, divulgado pela revista American Journal of Epidemiology, que avaliou 5.208 pessoas para verificar que o uso regular do Facebook teve um impacto negativo no bem-estar individual.