Fumar mais de 20 cigarros por dia pode ‘roubar’ a visão

Por Bem-estar

Fumar mais de 20 cigarros por dia pode prejudicar a visão, revela um novo estudo, que alerta para o facto de levar mesmo à perda da capacidade de distinguir cores.

Realizado por investigadores da Universidade de Rutgers, o trabalho contou com a participação de 71 pessoas que fumaram menos de 15 cigarros ao longo da vida e de 63 viciadas no tabaco, que fumavam mais de 20 cigarros por dia, sem que nunca tivessem feito qualquer tentativa para deixar o vício.

Com idades entre os 25 e os 45 anos, apresentavam todos visão normal, de acordo com os níveis de acuidade visual padrão.

Contrastes e cores em risco

A avaliação dos voluntários permitiu identificar, entre os fumadores, alterações significativas na visão das cores vermelho-verde e azul-amarelo, o que sugere que o consumo de produtos compostos por substâncias químicas neurotóxicas, como é o caso dos cigarros, pode causar perda geral da visão das cores.

Descobriram também que quem fuma muito tem uma capacidade reduzida de discriminar contrastes e cores quando comparado com os não fumadores.

“O fumo do cigarro tem inúmeros compostos que são prejudiciais à saúde, e tem sido associado a uma redução na espessura das camadas do cérebro e a lesões cerebrais, envolvendo áreas como o lobo frontal, que desempenha um papel no movimento voluntário e no controlo do pensamento e diminuição da atividade na área do cérebro que processa a visão”, refere Steven Silverstein, co-autor do estudo.

“Trabalhos anteriores apontaram o tabagismo prolongado como responsável pelo dobro do risco de degeneração macular relacionada com a idade e como um fator que pode amarelar e inflamar a lente”, acrescenta.

Os nossos resultados indicam que o uso excessivo de cigarros, ou exposição crónica aos seus compostos, afeta a discriminação visual, servindo de suporte à existência de deficits gerais no processamento visual associados à dependência do tabaco.”

Sistema vascular em risco

Embora este estudo não seja capaz de fornecer uma explicação fisiológica para os resultados, os investigadores consideram que, como a nicotina e o fumo prejudicam o sistema vascular, o trabalho sugere que também danificam os vasos sanguíneos e os neurónios da retina.