mulheres precisam de mais horas de sono

Mulheres precisam de mais horas de sono do que os homens

Por Bem-estar

Não basta dormir. É preciso também dormir bem. Até porque os benefícios de uma boa noite de sono para a saúde e bem-estar vão muito além do descanso, tendo impacto no sistema imunológico, endócrino, neurológico, entre outros. Mas serão as necessidades de sono iguais para homens e mulheres?

De acordo com os dados do Centro de Investigação do Sono da Universidade de Loughborough, em Inglaterra, a capacidade feminina de executar várias tarefas faz com que o cérebro das mulheres seja mais complexo do que o dos homens. O que significa que elas precisam de mais horas de sono. 

Pelo que, para as mulheres, a temática do sono deve ser tratado com a maior importância. A Emma, marca que quer revolucionar o mercado do descanso, reconhece essa importância e aproveita o Dia Internacional da Saúde Feminina, que se assinala este dia 28, para celebrar a saúde da mulher e partilhar algumas dicas para o descanso de qualidade que todas merecem:

Insónias castigam mais as mulheres

As insónias são o distúrbio do sono que mais afeta as mulheres. São, por isso, muitas também as receitas que prometem milagres, sejam em forma de comprimidos ou outros.

No entanto, as causas para este distúrbio podem ser várias e, por isso, o tratamento que resulta para uma pessoa pode não resultar com outra. Assim, é essencial que sejam identificados os motivos que estão na base das insónias para um tratamento eficaz do problema.

É preciso também não esquecer que o corpo da mulher precisa de cerca de oito horas por dia de sono para repor energias, dando vários sinais de que precisa de descansar ou de que, por outro lado, já está pronto para as exigências do dia-a-dia.

Um estudo realizado pelo Cleveland Clinic Sleep Disorders Center, nos Estados Unidos, constatou que quem não respeita as necessidades de descanso do corpo e dorme menos de seis horas por dia tem mais tendência para desenvolver depressão.

Repartição de tarefas para mais horas de sono

É um facto que todos precisamos de trabalhar, mas não nos podemos esquecer de regras básicas que o devem acompanhar, como o descanso, alimentação saudável, exercício, apanhar sol e ter uma vida social agradável.

O stress e o nível acrescido de responsabilidade são dos fatores que mais afetam o sono da mulher. É, por isso, aconselhável que as horas anteriores ao início do sono sejam um processo de relaxamento, sem emails de trabalho ou grandes tensões físicas ou emocionais para não levar preocupações para a cama.

E porque as mulheres são, por norma, quem mais atenção dá às tarefas domésticas, recaindo sobre elas esta responsabilidade, as tarefas de subsistência da família devem ser partilhadas com todos os membros.

A tudo isto junta-se ainda a necessidade de um bom colchão, que pode fazer a diferença entre horas bem dormidas ou um pesadelo na cama.