manobras de suporte básico de vida

Não sabe fazer suporte básico de vida? Este vídeo dá uma ajuda

Por País

Sabe o que fazer na presença de alguém em paragem cardiorrespiratória? Conheça as manobras do suporte básico de vida? Se a resposta é negativa, então estas indicações, e o vídeo que se segue, são para si, cortesia do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

E é o INEM que confirma: nos casos de paragem cardiorrespiratória, “a ação imediata de quem presencia o acontecimento é fundamental”. Porquê? É que o suporte básico de vida “aumenta substancialmente a probabilidade de sobrevivência da vítima quando iniciado nos primeiros minutos após a paragem cardíaca”.

A técnica VOS: Ver, Ouvir, Sentir

São, no fundo, duas as grandes manobras que constituem o suporte básico de vida: as compressões torácicas e as ventilações.

De acordo com as informações do INEM, depois de garantidas as condições de segurança do local onde se encontra a vítima, há que ver se esta se encontra consciente, “abanando-lhe suavemente os ombros e chamando por ela”.

Se não responder, deve considerar-se que está inconsciente. O passo seguinte é avaliar se respira, recorrendo à técnica VOS: Ver se o tórax expande, Ouvir a passagem do ar e Sentir a respiração na face.

“Caso a vítima não respire, ligue de imediato 112 (ou garanta que alguém o faz), abandonando a vítima se necessário ou recorrendo à alta voz do seu telemóvel para que possa iniciar simultaneamente as compressões torácicas.”

O que fazer e como fazer

O passo seguinte é a realização do suporte básico de vida, até a vítima recuperar, ficar exausto ou chegar ajuda diferenciada.

Para quem não conhece as manobras, este vídeo pode dar uma ajuda.