equipamentos de proteção

Mais de metade dos médicos sem equipamentos de proteção adequados no Estado de Emergência

Por COVID-19

De acordo com um estudo realizado pela Ordem dos Médicos, coordenado pela investigadora Filipa Duarte-Ramos, Professora da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa, mais de 56% dos médicos não tiveram os equipamentos de proteção adequados para trabalhar durante o estado de emergência declarado na pandemia da COVID-19. Proporção que melhorou após o final do estado de emergência, ainda que um terço dos médicos inquiridos continue a reportar falhas da tutela na distribuição de materiais como máscaras ou luvas.

Ler Mais