risco genético associado ao cancro da mama

Novo estudo fornece o mapa mais abrangente de sempre sobre risco genético de cancro da mama

Por Cancro

Mais de 350 ‘erros’ do ADN, que aumentam o risco genético de cancro da mama, foram descobertos na sequência de um grande estudo internacional sobre a genética associada a este tumor. De acordo com os cientistas que fizeram a descoberta, oriundos de mais de 450 departamentos e instituições em todo o mundo, esses erros podem influenciar até 190 genes, o que enfatiza a complexidade desta doença.

Ler Mais