espinafres são ricos em luteína

E a melhor forma de comer os espinafres é…

Por Nutrição & Fitness

Chama-se luteína, é uma substância presente em vários vegetais e porque são muitas as suas vantagens para a saúde, um grupo de investigadores da Universidade de Linköping, na Suécia, decidiu avaliar qual a melhor forma de consumir os espinafres, ricos neste composto, de modo a poder beneficiar ao máximo do mesmo.

E não, não é na sopa que mais beneficia do consumo de espinafres. Até porque, como muitos outros nutrientes, a luteína degrada-se com o calor.

“O que é único neste estudo é que usamos métodos de preparação que são frequentemente usados ​​para cozinhar alimentos em casa, e comparamos várias temperaturas e tempos de aquecimento. Também investigamos métodos de preparação em que o espinafre é comido frio, como em saladas e smoothies”, explica Lena Jonasson, professora do Departamento de Ciências Médicas e da Saúde e consultora em cardiologia.

Com o objetivo de simular métodos de preparação frequentemente usados ​​no dia-a-dia, os investigadores compraram espinafre num supermercado. E prepararam-no de várias formas. Depois, mediram o conteúdo de luteína em diferentes momentos.

Na sopa, na lasanha, em sumos

Espinafres cozidos numa sopa não são submetidos a temperaturas tão altas como os espinafres numa lasanha, por exemplo. É por isso que os cientistas compararam diferentes tempos de aquecimento.

Porquê? Ao que parece o tempo de aquecimento é importante. Quanto mais tempo forem cozinhados os espinares, menos luteína retêm.

O método de cozedura também é importante, uma vez que quando os espinafres são fritos em altas temperaturas, bastam dois minutos para haver degradação de uma grande quantidade de luteína.

Reaquecer a comida no microondas é uma prática muito comum na vida moderna. E, de acordo com os investigadores, este método compensa, em certa medida, a perda de luteína nos alimentos cozinhados, uma vez que é libertada mais luteína do espinafre à medida que a estrutura da planta é decomposta pelo microondas.

Mas o melhor mesmo, garantem, é consumir os espinafres em sumos ou “fazer um smoothie e adicionar gordura de produtos lácteos, leite ou iogurte. Quando o espinafre é picado em pedaços pequenos, mais luteína é libertada das folhas, e a gordura aumenta a sua solubilidade”.