aplicação para terapia da fala

‘App’ portuguesa quer ajudar crianças com problemas na fala

Por Saúde Infantil

Chama-se Happies e é a primeira aplicação móvel portuguesa, com jogos de suporte ao desenvolvimento da motricidade das bochechas, lábios e língua. Uma forma divertida de ajudar as crianças com dificuldades na fala.

“Enquanto terapeutas da fala, a trabalhar em contexto clínico há mais de 10 anos, sentimos a falta de recursos digitais simples e didáticos para promover o desenvolvimento da motricidade orofacial e da fala”, revela a equipa criadora desta ferramenta, criada por uma startup incubada no UPTEC – Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto.

Consciente desta lacuna e porque, “muito frequentemente, os terapeutas da fala trabalham a motricidade orofacial com recurso a modelagem, isto é, servindo como modelo que a criança deverá imitar, ou com recurso a imagens, recortes e colagens”, algo que, acrescentam “nem sempre este processo se torna cativante para criança, pois é repetitivo e monótono, levando a algum desinteresse após algum tempo”, decidiram inovar.

“De forma a potenciar o envolvimento da criança na terapia e aumentar o tempo de treino, sentimos necessidade de criar algo mais lúdico e interativo – o happies.”

A aplicação está disponível para smartphones e tablets Android e Apple, através  da Play Store e da App Store.

Para crianças dos dois aos seis anos

Destinada a crianças dos dois aos seis anos com dificuldades em determinada palavra/letra ou com atraso cognitivo, a aplicação apresenta mais de 30 animações super engraçadas, que motivam as crianças a copiarem os movimentos orofaciais. E permite gravar a criança a praticar o exercício, para que possam monitorizar a sua evolução ou para posterior análise por um terapeuta da fala.

Dispõe ainda de uma área de resultados, onde se pode ver a evolução de cada criança e onde os mais pequenos podem ver, em tempo real, a animação bem como os movimentos que está a fazer com a sua cara.