AVC

Números do AVC caem ligeiramente em todo o mundo, mas continuam altos

Por Investigação & Inovação

A incidência mundial e as taxas de mortalidade por AVC diminuíram ligeiramente entre 1990 e 2019, mas os números gerais ainda são altos, sobretudo nos países de rendimentos médios e altos, revela um estudo publicado na edição online da Neurology®, o jornal médico da Academia Americana de Neurologia. Um trabalho que se concentrou no acidente vascular cerebral isquémico, causado por coágulos sanguíneos e que representa 85% de todos os casos de AVC.

Ler Mais

DPOC

Mutação genética confirmada como fator que predispõe para a DPOC

Por Investigação & Inovação

Em 2019, a Organização Mundial de Saúde colocou a doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC) em terceiro lugar no ranking mundial de causas de morte. No entanto, alguns mecanismos desta doença respiratória debilitante continuam por identificar. Neste contexto, cientistas em França conseguiram descobrir uma mutação genética que pode ser um fator de risco.

Ler Mais

Sépsis

Tecnologia ajuda a encontrar soluções que podem evitar mortes por sépsis

Por Investigação & Inovação

A sépsis ceifa, todos os anos, a vida a cerca de 11 milhões de pessoas em todo o mundo. Esta inflamação sistémica e imprevisível pode progredir rapidamente, levando a uma queda rápida da pressão arterial, danos nos tecidos, falência de múltiplos órgãos e morte. As intervenções imediatas de profissionais médicos salvam vidas, mas alguns tratamentos podem também contribuir para a deterioração do estado do doente, pelo que a escolha da terapia ideal pode ser uma tarefa difícil. É para ajudar os médicos que surge agora numa nova ferramenta.

Ler Mais

António Coutinho Science Awards

Ciência sem fronteiras: escolhidos os vencedores do António Coutinho Science Awards

Por Investigação & Inovação

Já são conhecidos os vencedores da 3ª edição dos ‘António Coutinho Science Awards’, que vai distinguir três das 27 candidaturas submetidas. As duas bolsas foram atribuídas a estudantes de Cabo Verde e de Moçambique, que vão desenvolver os seus projetos de investigação no Instituto de Higiene e Medicina Tropical (IHMT) da Universidade Nova de Lisboa e no Instituto de Biologia Experimental e Tecnológica. E o prémio foi atribuído a um investigador moçambicano e vai permitir dar continuidade ao trabalho, agora no Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESCTEC) da Universidade do Porto. Os três vencedores juntam-se agora aos cinco premiados das edições anteriores. 

Ler Mais

Investigadores nacionais criam moléculas capazes de combater problemas associados ao VIH

Por Investigação & Inovação

Apesar de todos os avanços e dos progressos levados a cabo no âmbito da prevenção e do tratamento, o VIH/SIDA continua a ser um grande problema de saúde pública: atinge milhões de pessoas em todo o mundo, metade das quais afetadas por distúrbios neurocognitivos que surgem quando o VIH penetra no cérebro. É para combater esta consequência que a equipa do Instituto de Medicina Molecular (iMM) está a trabalhar num projeto – o NOVIRUSES2BRAIN – coordenado por Miguel Castanho, e cujo objetivo é desenvolver fármacos que vão atuar onde a maioria dos medicamentos convencionais são ineficazes: o cérebro infetado.

Ler Mais