rastreio ao cancro do colo do útero

‘Faz o rastreio’: campanha alerta para importância de detetar cancro do colo do útero

Por Cancro

Não se sabe quantas mulheres, em Portugal, deixaram de ir ao seu médico e fazer o rastreio do cancro do colo do útero por medo do contágio da Covid-19. É neste cenário que a Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) lança uma campanha de sensibilização para o rastreio do cancro do colo do útero, o segundo tipo de cancro mais frequente no sexo feminino a nível mundial e que, em 2018, causou 340 mortes em Portugal.

Ler Mais