Camas no hospital

Vinte e um casos confirmados de sarampo no Norte

Por Atualidade

As autoridades de saúde nacionais confirmaram a existência, desde 9 de março, de 21 casos de sarampo na região Norte, tendo sido recebidas 51 notificações de casos suspeitos.

No último boletim epidemiológico, a Direção-Geral da Saúde (DGS) indica que as situações confirmadas reportam-se a adultos, 19 profissionais de saúde, quatro não estavam vacinados, três tinham vacinação incompleta e quatro um esquema vacinai desconhecido.

Dos 21 casos confirmados, quatro encontram-se atualmente internados em unidade hospitalar e, adicionalmente, está internado um caso a aguardar confirmação laboratorial.

35 mortes por sarampo na região europeia em 2017

A DGS recorda que o sarampo é uma das doenças infeciosas mais contagiosas, podendo provocar doença grave, principalmente em indivíduos não vacinados e que têm sido vários os surtos de sarampo em alguns países europeus, como Grécia, Roménia, França, Itália e, mais recentemente, no Reino Unido, devido à existência de comunidades não vacinadas.

Em 2017, foram 35 as mortes na região europeia na sequência da doença, uma das quais em Portugal.

A vacinação é a principal medida de prevenção, sendo gratuita e administrada principalmente em unidades do Serviço Nacional de Saúde.

Tendo em conta a aproximação da primavera e do verão, período em que os movimentos internacionais de cidadãos são mais intensos e o risco de contrair a doença é maior, a DGS recomenda que todas as unidades de saúde devem estar alerta para o diagnóstico precoce de casos de sarampo.