contracetivo masculino

Contracetivo masculino inovador em forma de gel pode estar para breve

Por Bem-estar

Há muito que se fala na contraceção masculina, numa pílula só para eles. Até agora, as tentativas de o conseguir não passaram disso mesmo, mas o futuro próximo pode trazer surpresas em forma de um gel contracetivo de uso exclusivo pelos homens.

É para isso que trabalha o Population Council e o Instituto Nacional de Saúde Infantil e Desenvolvimento Humano (NICHD) Eunice Kennedy Shrive, instituições que pertencem ao norte-americano National Institutes of Health (NIH), que se prepara para levar a cabo um ensaio clínico destinado a avaliar a eficácia desta ideia.

“Muitas mulheres não podem usar contracetivo hormonal e os métodos anticoncecionais masculinos são limitados à vasectomia e aos preservativos”, explica em comunicado Diana Blithe, diretora do Programa de Desenvolvimento de Anticoncecionais do NICHD.

“Um método de contraceção masculino seguro, altamente eficaz e reversível satisfaria uma importante necessidade de saúde pública.”

O teste ao contracetivo vai começar

Batizado de NES/T, o gel é aplicado nas costas e ombros e absorvido pela pele. A progestina nele contida bloqueia a produção natural de testosterona nos testículos, reduzindo a produção de espermatozoides a níveis baixos ou inexistentes.

A reposição de testosterona mantém o desejo sexual normal e outras funções que dependem de níveis sanguíneos desta hormona adequados .

Para já, os investigadores planeiam inscrever cerca de 420 casais no estudo. Os voluntários do sexo masculino vão usar o NES/T diariamente, entre quatro a 12 semanas, para determinar se toleram a formulação e para garantir que não têm efeitos secundários inaceitáveis.

Se os níveis de esperma não diminuírem adequadamente, vão continuar a usar a formulação até 16 semanas. Quanto se atingirem os níveis considerados suficientes para a contraceção, terá início a fase de eficácia, que avaliará a capacidade do gel prevenir a gravidez. Fase que terá a duração de 52 semanas.