Farmácias vão passar a ter consultas de nutrição

Por Atualidade

Uma nova portaria, publicada recentemente, atualiza os serviços farmacêuticos e outros serviços de promoção da saúde e bem-estar que podem ser prestados nas farmácias comunitárias. Entre outros, as farmácias vão passar a ter consultas de nutrição, realizar testes rápidos para o rastreio de infeções por VIH, VHC e VHB ou fazer o tratamento de feridas.

Programas de adesão à terapêutica, de reconciliação da terapêutica e de preparação individualizada de medicamentos, assim como programas de educação sobre a utilização de dispositivos médicos ou cuidados na prevenção e tratamento do pé diabético, de acordo com as orientações estabelecidas pela Direção-Geral da Saúde, são outros dos serviços agora acrescentados.

As farmácias vão ainda poder promover campanhas e programas de literacia em saúde, prevenção da doença e de promoção de estilos de vida saudáveis, com todos os serviços a terem de ser prestados nas condições legais e regulamentares e por profissionais legalmente habilitados.

“As farmácias devem divulgar o tipo de serviços prestados e o respetivo preço, de forma visível, nas suas instalações, podendo ainda esta informação ser divulgada nos seus sítios da Internet”, revela o documento, que entra em vigor trinta dias após a sua publicação.