cuidadores informais

Maioria dos portugueses reconhece falta de apoio aos cuidadores informais por parte do Estado

Por Bem-estar

A esmagadora maioria dos portugueses (97,5%) concorda que os cuidadores informais deveriam receber mais apoio por parte do Estado. Esta é uma das conclusões de um inquérito feito à população, uma iniciativa do Movimento Cuidar dos Cuidadores Informais, que quis perceber de que forma é percecionado este papel de cuidador, bem como as ajudas que recebem aqueles que se dedicam a cuidar de quem amam. No Dia do Cuidador Informal, alerta-se para a necessidade de mais apoios e ajudas, que visem colmatar as injustiças que continuam a existir.

Ler Mais

Agenda Solidária do IPO Lisboa

Agenda Solidária está de volta para ajudar o IPO Lisboa

Por Marque na Agenda

Pelo quarto ano consecutivo, o Instituto Português de Oncologia de Lisboa (IPO Lisboa) apresenta a Agenda Solidária IPO 2020, que desta vez se propõe a angariar fundos para a construção do novo edifício de cuidados ambulatórios do IPO Lisboa, cujo terreno foi cedido pela Câmara Municipal de Lisboa, ao abrigo do protocolo celebrado entre as duas instituições.

Chef Kiko, Eduardo Madeira, Luísa Ducla Soares, Francisco Louçã, Tânia Ribas de Oliveira, Isabel Soares, Isabel Stilwell, Ana Bacalhau, Fernando Medina, Conceição Queiroz, José Luis Peixoto e Francisco Ramos são as 12 personalidades portuguesas que, este ano, foram convidadas a escrever um texto sobre a alegria das pequenas coisas.

Assim nasceram 12 histórias inéditas e inspiradoras, ilustradas por Joana Rosa Bragança, que contam pequenos momentos que marcam toda uma vida: um sorriso, um abraço, um brilho no olhar, um lugar, um livro, um arco-íris a colorir o céu. ‘Pequenas coisas’ que nos fazem sorrir, que dão força.

Iniciativa estreou-se em 2017

A iniciativa teve a sua estreia em 2017 e, nesse ano, a venda da Agenda Solidária IPO conseguiu angariar 50.295,16€, investidos no Serviço de Pediatria.

Um ano depois, em 2018, a repetição da iniciativa valeu 46.286,30€, aplicados na nova Unidade de Transplante de Medula, que já se encontra em funcionamento.

No ano passado, a receita superou os anos anteriores, tendo atingido o máximo de 53.843,98€, a aplicar no novo Hospital de Dia de Adultos.

Solidariedade a favor do IPO Lisboa

Este projeto tem sido muito bem acolhido por doentes, familiares e pela sociedade, por autarquias e empresas que fazem questão de todos os anos se juntar ao IPO e dar o seu contributo através da aquisição de vários exemplares.   

Somadas as três edições anteriores, as vendas da Agenda Solidária IPO ascenderam os 50.000 exemplares. E numa altura em que se aproxima o Natal, é uma opção de presente, que ao mesmo tempo vai ajudar à construção do novo edifício de cuidados ambulatório do IPO Lisboa.          

A Agenda Solidária IPO 2020 pode ser adquirida no IPO e em www.livroshorizonte.pt por 12,50€ e estará também disponível nas livrarias e grandes superfícies a partir de 15 outubro, por 13,90€.

agenda solidária angaria verba

Agenda Solidária angaria mais de 53 mil euros para o IPO Lisboa

Por Marque na Agenda

A venda da Agenda Solidária IPO 2019 traduziu-se na angariação de mais de 53 mil euros para o Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil (IPO Lisboa), que vão ser aplicados no novo Hospital de Dia.

Desenvolvida no seguimento dos bons resultados apresentados nas anteriores edições deste projeto, que desde o primeiro momento mereceu grande acolhimento do público, de doentes e profissionais do IPO Lisboa, a Agenda Solidária IPO 2019 foi a que, das três edições, melhores resultados financeiros alcançou: foram 50 mil euros em 2017, investidos no Serviço de Pediatria e cerca de 46 mil, usados para melhorar a Unidade de Transplante de Medula, na edição de 2018.

Com uma tiragem de 20 mil exemplares e, mais uma vez, a colaboração de 12 figuras públicas convidadas a escrever uma história inédita sobre um acontecimento das suas vidas digno de celebração, e com as ilustrações de Marta Torrão, esta é uma iniciativa do IPO com a editora Livros Horizonte.

Agenda Solidária quer melhorar Hospital de Dia

O Hospital de Dia é o local onde os doentes (adultos) fazem quimioterapia, em regime ambulatório. Em 2018, fizeram-se mais de 34 mil sessões de quimioterapia só em Hospital de Dia.

O IPO quer melhorar o acesso a esta valência, aumentando a sua capacidade e as condições de conforto e privacidade de doentes, familiares e profissionais de saúde. Uma obra que deve ter início até final de 2019.