Saudável não tem de ser incompatível com saboroso, máxima que é válida para as sobremesas natalícias. Bastam apenas algumas trocas simples de ingredientes para ter o melhor dos dois mundos.

“Consegui fazer um cheesecake mais saudável, uma sobremesa rica e cremosa, que conquistou até os paladares mais exigentes”, refere a nutricionista Libby Mills, porta-voz da Academia de Nutrição e Dietética dos Estados Unidos.

E para isso bastou apenas “fazer algumas substituições da receita tradicional de cheesecake”, acrescenta a especialista. “Troquei o queijo por iogurte natural com baixo teor de gordura. Fiz a base com partes iguais de cereais ricos em fibras e bolachas e substituí a manteiga por sumo de limão. A minha família adorou.”

Sobremesas natalícias doces, mas sem açúcar

Para que este seja um Natal saudável, só tem de seguir estas dicas simples:

Preferir o mini – Tenha atenção ao tamanho das porções. Faça mini-cupcakes ou mini-biscoitos usando uma colher de sopa de massa.

Tornar tudo mais leve – Substitua o óleo, margarina ou manteiga usado em muffins e pães rápidos por molho de maçã; use duas claras de ovos em vez de um ovo inteiro para reduzir o colesterol da dieta.

Não diga não aos congelados – Faça guloseimas congeladas utilizando 100% de sumo de frutas. Mergulhe algumas bananas no seu iogurte magro favorito e enrole-as em nozes picadas grosseiramente, cereais integrais crocantes, granola ou coco ralado antes de congelar. Substitua o sorvete por um sorvete de frutas.

O doce não precisa de ser sinónimo de açúcar – Pode reduzir a quantidade de açúcar em muitas receitas em 25% sem perceber: por exemplo, use três colheres de sopa de açúcar em vez de quatro. Tenha apenas em mente que pode ser necessário aumentar os líquidos de uma receita para substituir o açúcar usado a menos.

Resumindo, “comer de forma saudável não significa que é preciso desistir da diversão de comer a sobremesa”.