sinais que indicam desidratação

Conhece todos os sinais de desidratação? A sede é apenas um deles

Por Bem-estar

É verdade que não nos podemos queixar de um calor abrasador, pelo menos até agora. Mas porque os termómetros ainda nos podem surpreender, nada melhor do que estar preparado. E é aqui que entra a pergunta: sabe quais são os sinais de desidratação?

Não, a sede não é o único indicador da falta de hidratação. Aliás, diz quem sabe que este é mesmo o derradeiro sinal, que surge quando a desidratação já se está a instalar. Há outros sinais, mas que tendemos a justificar com outras razões que não a falta de água.

Por exemplo, olhos secos ou lábios gretados. O ar condicionado no trabalho ou o tempo mais seco são os suspeitos do costume, mas pode bem ser que estes traduzam um pedido de ajuda do organismo.

Cabelo mais seco do que o habitual e em queda pode ser justificado por tanta coisa. E uma delas é mesmo uma desadequada hidratação, que pode também causar cansaço e indisposição. 

É que, quando o corpo perde mais água do que aquela que recebe, há uma redução da pressão arterial e do oxigénio no sangue, que passa a ser redirecionado para órgãos considerados não vitais, o que faz com que o corpo trabalhe a um ritmo mais lento.

Água e outras bebidas

Beber água é a melhor forma de dar resposta à desidratação e de a prevenir. Esta é a bebida de eleição para o verão, embora haja outras bebidas que podem ajudar a manter a hidratação.

De resto, cinco sociedades médicas espanholas (Associação Espanhola de Gastroenterologia, Sociedade Espanhola de Endocrinologia e Nutrição, Sociedade Espanhola de Médicos de Atenção Primária, Sociedade Espanhola de Medicina de Família e Comunitária e Sociedade de Patologia Digestiva) assinaram um consenso em que defendem que as “as bebidas com uma determinada quantidade de açúcares e sais minerais, corretamente utilizadas, podem ser uma ajuda importante para melhorar a reidratação e prevenir a desidratação”.

É o caso, por exemplo, da Aquarius, que apresenta uma gama de bebidas com sais minerais, vitaminas e baixas em calorias, que inclui novos sabores e se apresenta no mercado nacional, com uma campanha que tem como assinatura “A incrível sensação de te sentires cheio de pica”.

Uma aposta da Coca-Cola, que reforça o seu compromisso com a redução de açúcar, apresentando versões baixas em açúcar ou sem açúcar.

Coca-Cola lança novos produtos e reforça preocupação com saúde

Por Nutrição & Fitness

A evolução do mercado alimentar não tem passado despercebida à Coca-Cola, que não esconde a preocupação com as questões associadas à saúde. Depois de ter anunciado a intenção de reduzir, até 2020, o teor de açúcar presente nas bebidas em 12%, lança agora no mercado nacional novos produtos que vão de encontro a esta estratégia.

“As pessoas querem cada vez mais produtos naturais, querem saber o que consomem”, reforça Tiago Lima, Diretor de Relações Externas da Coca-Cola Portugal. Tendo isso em conta, a empresa apresenta as novidades à venda no nosso país: Aquarius Vive e Aquaruis Zero, opções de uma marca já vendida, mas estas com menos calorias e zero açúcar; Honest Tea, uma gama de chás biológicos de baixas calorias, que marca a estreia da empresa na categoria de bebidas biológicas e vegetais; e o Appletiser, um sumo de maçã ligeiramente gaseificado, sem açúcares adicionados.

“Preocupamo-nos em apresentar produtos cada vez mais saudáveis e com menor teor de açúcar”, confirma Esther Morillas, Diretora de Marketing da Coca-Cola Ibéria, durante a apresentação das novidades aos meios de comunicação social.

Na calha continua a introdução do esquema de cores nas embalagens, um semáforo destinado a orientar os consumidores no sentido de uma escolha mais saudável. Apesar de ainda não existirem timmings definidos, Tiago Lima confirma a realização de testes no mercado com vista à implementação do esquema com as cores vermelha, amarela e verde, que promete tornar mais compreensível a informação nutricional.

Inovar e diversificar com novos produtos

“Em apenas um ano, lançámos mais produtos que nos últimos 10”, afirma Tiago Lima, confirmando a mudança de estratégia da empresa, cada vez mais preocupada em “inovar e diversificar”, indo de encontro “aos interesses e estilos de vida dos consumidores”. E isto sem esquecer a saúde.

É por isso que, a partir de agora, os portugueses vão passar a ter à sua disposição os chás prontos a beber da marca Honest Tea nos sabores Limão e Flor de Laranjeira, Framboesa e Manjericão e Pêssego e Alecrim.

A esta novidade junta-se o Appleteiser, um sumo de maçã presente nas Ilhas Canárias há mais de 50 anos, e as novas versões do Aquarius, uma gama que viu reduzida entre os 30 e os 40% o teor de açúcar nas suas bebidas.