a melhor forma de se preparar para a gripe

A melhor forma de se preparar para a gripe que aí vem

Por Bem-estar

A única coisa certa sobre a gripe é que vem aí. Quando, com que intensidade ou frequência depende dos vírus em circulação. Numa altura em que os serviços de saúde se preparam para a época gripal, a Organização Mundial da Saúde (OMS) chama a atenção para as medidas individuais, ou seja, a melhor forma de se preparar para a gripe e ajudar a impedir a propagação da infeção.

Ler Mais

Lavar as mãos, um gesto que pode salvar vidas

Por Atualidade

É um gesto comum, que repetimos (ou devíamos) várias vezes ao dia. Um gesto que, no entanto, precisa de ser repetido ainda mais, um alerta reforçado todos os anos, sobretudo ao nível dos cuidados de saúde. Este ano, a mensagem repete-se, reforçando como lavar as mãos pode salvar muitas vidas. E prevenir a sépsis.

A propósito do Dia Mundial da Higiene das Mãos, que se assinala no próximo dia 5 de maio, a Direção-Geral da Saúde (DGS), através do Programa Nacional de Prevenção e Controlo de Infeções e de Resistências aos Antimicrobianos, volta a repetir, no âmbito da campanha da Organização Mundial de Saúde (OMS): “Lave as Mãos, Salve Vidas”.

Este ano, com o slogan “Está nas tuas mãos prevenir a sépsis”, o enfoque da OMS vai para a prevenção da sépsis, um problema que surge quando uma infecção altera a resposta normal do organismo, causando ferimentos nos tecidos e órgão, e que se estima que afete mais de 30 milhões de doentes, todos os anos, no mundo.

Embora qualquer pessoa esteja em risco de desenvolver sépsis, há grupos mais em risco, como as grávidas, os recém-nascidos, os idosos, pessoas hospitalizadas ou os que sofrem de doenças crónicas. E a principal forma de prevenção é: uma boa higiene, que começa pelas mãos.