Campanha enaltece conquistas das pessoas com Esclerose Múltipla

esclerose múltipla

Há quem seja muito bom naquilo que faz, que seja um ótimo desportista, um profissional exemplar, um estudante aplicado ou até uma mãe dedicada. E depois há quem seja tudo isto e tenha ainda de enfrentar a esclerose múltipla, num desafio constante aos seus limites que, hoje, graças aos avanços da medicina, é possível superar. São eles que se celebram a propósito do Dia Mundial da Esclerose Múltipla, que se assinala a 30 de maio.

“Desafia os teus limites!” é o tema principal desta campanha, que coloca lado a lado pessoas com esclerose múltipla e figuras públicas. Miguel Costa, ator, faz muita coisa e Rita Rebouta não lhe fica atrás, apesar do diagnóstico; Andreia Rodrigues, apresentadora, é mãe e Carla Sofia também, um desafio ultrapassado, apesar das limitações da esclerose múltipla; para Mariana Rocha, conhecida como Miss Fit, o esforço associado ao desporto não é novidade, tal como não o é também para Raquel Cerqueira, que sabe bem o que é levar o corpo ao limite no desporto, apesar da doença, que não a impede de desafiar os seus limites. E de desafiar a doença.

São todos vencedores, numa luta repleta de obstáculos que se ultrapassam também com a ajuda dos profissionais de saúde, com quem devem discutir as melhores formas de tratamento, aquelas que são, ao mesmo tempo, as mais eficazes e simples de tomar.

Profissionais neurologistas como Carlos Capela e Lia Leitão juntaram-se à campanha, também em vídeo, a par de outros dois vencedores com a doença de esclerose múltipla: Cláudio França e Luís Loureiro.

A campanha transmite ainda a mensagem de que os avanços no tratamento e na melhoria da qualidade de vida das pessoas com esclerose múltipla têm sido muitos, permitido a estes doentes ultrapassar muitas das dificuldades que a doença impõe, mas que, mesmo assim, continua a ser preciso continuar a reforçar a importância do diagnóstico o mais atempado possível, para melhorar ainda mais os prognósticos.

Depois do diagnóstico é importante que seja avaliada a melhor terapêutica que permita que todos os doentes tenham força para superar os seus limites.

Uma campanha da Merck, com o apoio da Associação Nacional de Esclerose Múltipla (ANEM), da Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla (SPEM) e da Associação Todos com a Esclerose Múltipla (TEM).

Posts relacionados