E se o seu suor pudesse ser usado para dar respostas sobre o seu estado de saúde? É o que pretende fazer um dispositivo, desenvolvido pelos investigadores da Penn State e da Universidade de Xiangtan.

“Queremos poder analisar o suor do exercício diário ou do calor do sol, porque no suor temos muitos biomarcadores como pH e glicose, que serão um bom indicador para a progressão ou diagnóstico da doença”, disse Huanyu Cheng, professor assistente de ciência e mecânica de engenharia da Penn State.

O dispositivo terá a forma de um adesivo, aplicado na pele perto das glândulas sudoríparas e consiste num pequeno frasco contendo várias câmaras, com uma uma válvula hidrofóbica (que repele a água) feita de borracha de silicone.

Ao contrário de outros dispositivos que exigem duas aberturas, a única abertura reduz a quantidade de evaporação, levando a um tempo maior de armazenamento para análises posteriores.

A análise no local pode ser feita usando uma abordagem de cores, através de um produto químico sensível que responde ao nível de pH ou glicose e pode ser lido a olho nu ou através de uma fotografia tirada com um smartphone.

Importância do suor para a saúde

O dispositivo será de interesse para o setor de saúde e sobretudo do atletismo, onde pode ser usado para monitorizar o superaquecimento ou ajustar os níveis de exercício para um desempenho ideal.

Os especialistas estão também a colaborar com um investigador da Penn State Hershey Medical School na monitorização de doenças, já que o dispositivo pode ter uma câmara codificada por cores para medir o pH, a glicose e o sódio, todos marcadores de doenças.