Vai viajar com o calor? Siga estes conselhos

cuidados para quem vai viajar com o calor

Com as temperaturas dignas de um verão que, até aqui, parecia envergonhado, a convidarem a passeios e viagens, a Direção-Geral da Saúde (DGS), através do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável, recomenda cuidados redobrados se vai viajar com o calor, sobretudo se entre os passageiros se encontrarem crianças.

Tudo começa com a hidratação. E isto significa beber água, muita água. É que uma hidratação incorreta contribui para reduzir a capacidade de atenção e reação, ainda mais problemática quando se tem nas mãos um volante.

A isto junta-se a irritação e má disposição, também da responsabilidade da desidratação. Nada mais fácil do que o evitar: basta levar uma ou mais garrafas de água, arrefecidas na noite anterior, em quantidade suficiente para todos os elementos presentes no carro. A isto junte roupas frescas que não façam suar em excesso.

O que levar na marmita se vai viajar com o calor

No que à comida diz respeito, o melhor é optar por alimentos práticos e de fácil consumo, como os frutos oleaginosos (noz, amêndoa, amendoim, pinhão, avelã), que fornecem energia de qualidade, prolongam o período sem fome, são saborosos e ocupam pouco espaço. 

E têm outra vantagem: não se alterem com o calor. Esta é outra regra importante a não esquecer, que tornam o pão (mistura ou integral), a fruta lavada e até fruta seca (alperces, figos secos) boas opções.

Alimentos que devem ser pré-preparados para comer enquanto viaja. O que significa que a fruta deve ser lavada, as mini sandes já devem estar feitas, os guardanapos a postos.

Molhos (maionese, natas), gelatina, produtos de pastelaria com cremes (creme de ovos, chantilly), marisco, quiches, empadas ou folhados, que podem facilmente alterar-se com o calor e apresentar risco microbiológico, devem ficar fora da lista.

Caso transporte alimentos mais perecíveis (queijo, fiambre, iogurtes, etc.), estes devem ser acondicionados em geleiras, sacos ou malas térmicas com cuvetes de gelo ou placas frias para manter a temperatura. A receita é a mesma para os sumos naturais.

A regra número um

Se vai viajar com o calor, antes da partida é importante manter o carro num lugar fresco, ter o telemóvel carregado e fazer uma pequena refeição.

As paragens servem para esticar as pernas e beber água, devendo incluir alongamentos. 

A DGS deixa para o fim aquela que diz ser a regra número um. “evite totalmente qualquer bebida alcoólica. O álcool aumenta o risco de desidratação, retira a capacidade de reação, dá uma falsa sensação de controlo e é responsável por grande parte dos acidentes na estrada”.

Posts relacionados