ANDAR apoia refugiados ucranianos com artrite reumatoide

Ucrânia

A Associação Nacional dos Doentes com Artrite Reumatoide apoia refugiados ucranianos no acompanhamento em consultas de reumatologia e médico de família. Uma ajuda que será gratuita e disponível a pessoas vítimas da guerra na Ucrânia que necessitem de acompanhamento médico e que tenham este diagnóstico.

Neste momento, este apoio está a ser feito apenas em Lisboa e quem necessitar basta contatar a associação.

A artrite reumatoide é uma doença inflamatória crónica, mais comum entre os 30 e os 50 anos, com maior prevalência no sexo feminino. O principal sintoma é a inflamação das articulações que, com o tempo, pode levar a deformidades. Quando não tratada precocemente, acarreta graves consequências para os doentes.

Para Arsisete Saraiva, presidente da A.N.D.A.R, “é fundamental que as pessoas com artrite reumatoide mantenham o tratamento. Por isso, enquanto associação, queremos apoiar e ajudar as pessoas que tiveram de fugir do seu país, deixando tudo para trás e que se encontram completamente desprotegidas”.

 

Subscreva as nossas notificações. Siga-nos também nas redes sociais!

Posts relacionados