epilepsia

Portugal é o primeiro do mundo a implantar um neuroestimulador num doente epilético

Por Investigação & Inovação

Um novo neuroestimulador, aprovado para uso humano na Europa em janeiro deste ano e que permite gerar, em simultâneo, estímulos e efetuar a leitura do sinal cerebral nas zonas profundas do cérebro, foi implantado num doente com epilepsia no Centro Hospitalar Universitário de São João (CHUSJ). Trata-se da primeira vez a nível mundial que este modelo de neuroestimulador é implantado e usado na monitorização contínua de longo termo (uma semana) de um doente epilético.

Ler Mais