doentes não-covid

Plano de Recuperação e Resiliência negligencia a recuperação de doentes não-Covid

Por País

O Governo quer que o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), que esteve em consulta pública até ao passado dia 1, seja “o Plano de todos os Portugueses, dando resposta aos desafios que enfrentamos e que, em conjunto e com determinação, vamos superar”. No entanto, avaliada a proposta, o Movimento Saúde em Dia, uma iniciativa da Ordem dos Médicos e da Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares, verifica que nem todos os portugueses merecem a inclusão neste plano, que é omisso quanto à recuperação dos doentes não-covid. Doentes que, ao longo de 2020, e em virtude do cancelamento da atividade assistencial, se viram impossibilitados de aceder aos cuidados de saúde.

Ler Mais

SPP

SPP alerta: é preciso garantir assistência aos doentes e condições aos profissionais de saúde

Por COVID-19

Tendo em conta a situação extrema de saúde pública e a pressão a que o Serviço Nacional de Saúde tem sido sujeito, com uma sobrecarga sem precedentes, a Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) considera “ser dever das autoridades a organização dos serviços no sentido de garantirem a prestação de cuidados e de assistência aos doentes com COVID-19, mas também aos doentes que sofrem de outras patologias. Deve também ser dever das autoridades a garantia de segurança e de condições de trabalho dos profissionais de saúde”.

Ler Mais

médicos de família

Redução de caixa de email dos médicos de família motiva pedido de esclarecimento da Ordem dos Médicos

Por País

Muito se tem falado sobre a dificuldade recente de acesso dos utentes aos serviços de saúde, sobretudo aos centros de saúde. São as chamadas telefónicas que ficam por atender e doentes por tratar. Agora, a Ordem dos Médicos vem pedir esclarecimentos ao Governo sobre a redução da capacidade de resposta das caixas de email dos médicos de família, reportada por vários profissionais.

Ler Mais

consultas presenciais

Quebra de 36% nas consultas presenciais nos primeiros seis meses do ano

Por País

No primeiro semestre deste ano realizaram-se menos 3,8 milhões de consultas presenciais nos cuidados de saúde primários do que no mesmo período de 2019 e menos 902 mil consultas nos hospitais do Serviço Nacional de Saúde. Dados apresentados esta terça-feira, no lançamento do Movimento Saúde em Dia, promovido pela Ordem dos Médicos e pela Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH), que mostram uma quebra de 36% de consultas presenciais nos centros de saúde nos primeiros seis meses deste ano.

Ler Mais

movimento #SOSSNS

Movimento #SOSSNS apresenta 10 medidas urgentes para o setor da saúde

Por País

Um grupo de cidadãos ligados à área da Saúde, e preocupados com a capacidade de resposta do Serviço Nacional de Saúde (SNS), lançou o movimento #SOSSNS, cívico e apartidário, que apresenta dez medidas urgentes para o setor da saúde. Uma iniciativa que conta com o apoio das Ordens dos Médicos e dos Farmacêuticos, de associações de estudantes da área da Saúde e associações de doentes, estando aberta a toda sociedade civil.

Ler Mais

inovação em saúde

Acesso à inovação em saúde em debate no Fórum do Medicamento

Por Marque na Agenda

O progressivo envelhecimento populacional, a evolução tecnológica que, através da inovação, tem permitido a introdução de novos medicamentos e meios de diagnóstico mais eficazes, assim como as expectativas da população são variáveis que, juntas, pressionam os sistemas de saúde. A necessidade de investimento aumenta, assim como as restrições orçamentais, o que torna necessário e urgente repensar modelos e formas de financiamento da saúde.

Ler Mais

Fórum do Medicamento

Equidade, efetividade e sustentabilidade em debate no Fórum do Medicamento

Por Marque na Agenda

O progressivo envelhecimento populacional, a evolução tecnológica que, através da inovação, tem permitido a introdução de novos medicamentos e meios de diagnóstico mais eficazes, assim como as expectativas da população são variáveis que, juntas, pressionam os sistemas de saúde. A necessidade de investimento aumenta, assim como as restrições orçamentais, o que torna necessário e urgente repensar modelos e formas de financiamento da saúde. É sobre estas questões que se pretende refletir na 11ª edição do Fórum do Medicamento.

Ler Mais