Farmacêutica doa 100 mil máscaras para profissionais de saúde e 200 mil euros para linha de apoio

máscaras contra a covid19

A AstraZeneca doou cem mil máscaras de proteção para os profissionais de saúde em Portugal e contribuiu com 200 mil euros para a linha de apoio financeiro “Todos por quem cuida”, criada pela APIFARMA, em conjunto com a Ordem dos Médicos e a Ordem dos Farmacêuticos, para ajudar  profissionais de saúde e outras entidades que combatem a COVID-19.  

A doação de máscaras surge no âmbito da parceria estabelecida globalmente pela AstraZeneca com a Plataforma de Ação COVID-19, do Fórum Económico Mundial, criada com o apoio da Organização Mundial da Saúde.

No total, a AstraZeneca doou nove milhões de máscaras, distribuídas pelos países mais afetados. Em Portugal, as 100 mil máscaras foram entregues ao Ministério da Saúde, que fará a respetiva distribuição consoante as necessidades identificadas nas várias instituições.

No que diz respeito ao nosso esforço de investigação e desenvolvimento, a AstraZeneca está a investigar os anticorpos monoclonais capazes de neutralizar o vírus SARS-CoV-2 e que, não só poderão prevenir a doença, como também atenuar o impacto da COVID-19.

Ao nível da prevenção, a farmacêutica definiu uma parceria com a universidade de Oxford para o desenvolvimento de uma vacina que usa um vetor viral recombinante (ChAdOx1) e que poderá prevenir a COVID-19.

Encontra-se ainda a investigar a aplicabilidade de medicamentos já disponíveis, nomeadamente no controlo do processo inflamatório causado pelo vírus, conhecido como ‘tempestade de citoquinas’, que em muitos casos leva à morte de doentes infetados, e na proteção cardiovascular e renal em doentes com COVID-19.

Máscaras e muito mais

Em Portugal, a AstraZeneca materializou o seu apoio não apenas através da doação de 200 mil euros, mas também no apoio à partilha de conhecimento sobre a COVID-19 e o seu impacto.

Neste âmbito, apoia sociedades médicas na realização de webinars para profissionais de saúde, assim como associações de doentes na concretização de sessões de esclarecimento para pessoas com diabetes, insuficiência cardíaca, asma ou cancro.

Atualmente, está a organizar outros projetos, materializados na parceria entre a Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares e a Sociedad Española de Directivos de la Salud, através de um ciclo de quatro webinars sobre“Partilha de experiências na luta contra a COVID-19”.

Posts relacionados