As pessoas que não visitam um dentista regularmente deveriam ser examinadas pelo médico de família. O conselho é dado por um estudo, que alerta para os riscos de periodontite, uma inflamação grave das gengivas e estruturas que sustentam os dentes e que, se não for tratada, pode levar à perda de dentes e inflamação em todo o corpo.

Contas feitas pelos especialistas, cerca de 50% das pessoas com mais de 30 anos têm periodontite, associada a riscos mais altos de diabetes, enfarte e AVC.

Eduardo Montero, da Universidade Complutense de Madrid, em Espanha, e primeiro autor do estudo, alerta que ” a periodontite é uma das doenças não transmissíveis mais comuns, com impacto direto na saúde oral e na saúde em geral”.

“Muitos doentes não são diagnosticados porque não consultam um dentista – de acordo com o nosso estudo, mais de 40% dos adultos não tinha ido ao dentista no ano anterior.”

Porque as visitas aos médicos de família são mais comuns, os especialistas criaram uma ferramenta de triagem com cinco informações de rotina, que permitem identificar as pessoas em risco de periodontite, encaminhadas depois para um dentista para diagnóstico e tratamento. Ferramenta que usa dados referentes à idade, sexo, etnia, tabagismo e açúcar no sangue.

Corneliu Sima, professor assistente de medicina oral na Harvard School of Dental Medicine, nos EUA, e responsável pelo estudo, não tem dúvidas que “há uma necessidade de ferramentas de apoio à decisão clínica para integrar melhor os cuidados orais e os médicos em todo o mundo, melhorar a qualidade de vida e reduzir os custos dos cuidados de saúde”.

Para este especialista, a triagem da periodontite nos cuidados primários podem ter um grande impacto na saúde pública. “O tratamento da periodontite melhora a saúde oral, ajuda as pessoas com diabetes a controlar o açúcar no sangue e reduz a inflamação sistémica e outros fatores indiretamente associados ao desenvolvimento de artérias obstruídas (aterosclerose)”.

Conselhos simples de prevenção

Gengivas vermelhas, inchadas e com sangue são os principais sintomas da periodontite, que pode ser prevenida de forma simples:

  • Fazer a limpeza entre os dentes todos os dias com fio dentário.
  • Escovar os dentes durante pelo menos dois minutos, duas vezes ao dia.
  • Evitar fumar, ter uma dieta saudável, rica em frutas e vegetais e pobre em açúcar, e fazer exercício diariamente.
  • Visitar o dentista duas vezes por ano.
  • Controlar o nível de açúcar no sangue se tiver diabetes.