Dicas de segurança alimentar para reuniões ao ar livre

segurança alimentar

O verão é aquela altura do ano que convida a comer na rua, a piqueniques, a churrascadas. Tudo bem, desde que a segurança alimentar seja uma prioridade ao preparar e servir alimentos ao ar livre, alerta Kimberly Baker, diretora do Programa de Segurança e Sistemas Alimentares da Universidade de Clemson, que partilha algumas dicas que importa não esquecer se vai comer ao ar livre.

Para manter os alimentos frios durante uma churrascada, a especialista aconselha o uso de uma tigela ou panela maior que a travessa da comida, que se deve encher com gelo, colocando a travessa em cima desse gelo, o que vai ajudar a manter a temperatura fria durante mais tempo.

As chamadas geleiras de praia devem ser também usadas para manter os alimentos frios, garantindo que há espaço suficiente para os termoacumuladores ou para bolsas de gelo, reduzindo o número de vezes que se abrem estas geleiras, em nome de uma maior segurança alimentar.

Se for preciso armazenar alimentos por um período mais longo, estes devem ser embalados em porções menores, para servir apenas o necessário mantendo os restantes alimentos frios. Se necessário, procure ter uma geleira ou saco térmico extra com gelo ou bolsas de gelo para alimentos/bebidas que serão abertos com mais frequência.

Os alimentos frios podem ser mantidos à temperatura ambiente por até seis horas se o alimento estiver a 4° C ou inferior ao ser removido de um local onde existe controlo de temperatura, nunca excedendo os 21º durante o serviço – verifique a temperatura do alimento a cada hora para garantir que isso não acontece. Se estiver a esta temperatura ou superior, deve deitá-lo fora, tudo para garantir a segurança alimentar.

Anote a hora em que o alimento foi retirado do controlo de temperatura, para que possa determinar quando deve ser descartado. Após seis horas, descarte os restos de comida.

No caso dos alimentos quentes, se não tiver como controlar a sua temperatura quando cozinha ao ar livre, saiba que estes podem ser mantidos em temperatura ambiente por até quatro horas se o alimento estiver a 57° ou mais ao ser removido do controlo de temperatura.

Posts relacionados