Homens também devem ser incluídos nos ensaios do cancro da mama

homem

É necessários que também os homens passem a ser incluídos nos ensaios clínicos destinados a melhorar os tratamentos para o cancro da mama. O apelo foi lançado por Robert Mansel, Presidente da 11ª Conferência Europeia sobre o Cancro da Mama (EBCC-11) e professor de Cirurgia da Escola de Medicina da Universidade de Cardiff, no Reino Unido.

Depois de um novo estudo ter revelado que as mulheres pré-tratadas com medicamentos direcionados, capazes de encolher os tumores antes da cirurgia, podem evitar cirurgias radicais, Mansel lamentou não se saber se estas descobertas se podem aplicar aos homens, porque estes “nunca são incluídos nos ensaios clínicos”.

Pede, por isso, que os elementos do sexo masculino passem a ser contemplados, para que se consiga perceber quais os melhores tratamento para eles.

“O resultado cosmético após a cirurgia é também importante para os homens”, acrescentou. “Atualmente, os homens com cancro da mama passam frequentemente por uma cirurgia radical para remover todo o cancro, mas porque é que os cirurgiões removem o mamilo e a aréola se isso não for necessário? Os homens sentem-se constrangidos sobre a sua aparência, porque se querem nadar ou ir à praia, o seu peito vai estar a descoberto.”

Embora 100 vezes menos comum nos homens do que nas mulheres, em Portugal 1% de todos os casos de cancro da mama são diagnosticados nos homens, enquanto no Reino Unido se contam aproximadamente 390 homens diagnosticados com a doença todos os ano.

Posts relacionados