O que fazer para ter pratos saudáveis e equilibrados

pratos de comida

O que significa ter pratos repletos de alimentos equilibrados, dentro de casa ou fora desta? Uma equipa de especialistas da Universidade de Harvard dá a resposta em forma de dicas para que aquilo que comemos em casa, num restaurante ou no escritório seja, de facto, saudável.

– Legumes e frutas devem ocupar metade dos pratos

Sim, o prato deve estar repleto de legumes e frutas, que devem ser escolhidas de acordo com a sua cor e variedade. E batatas não contam como vegetais.

– Prefira os grãos integrais 

Grãos integrais como trigo, cevada, quinoa, aveia, arroz integral e alimentos feitos com estes, como massa integral, têm um efeito mais suave sobre o “açúcar” no sangue e insulina do que o pão branco, arroz branco, e outros grãos refinados. E devem ocupar 1/4 do espaço.

– O poder das proteínas

Peixe, frango, feijão e nozes são todos alimentos fontes de proteínas saudáveis, versáteis, que podem ser incluídas em saladas ou acompanhar vegetais. Limite o consumo de carne vermelha e evite carnes processadas, como bacon, chouriços e salsichas. Quanto a quantidades, devem também ocupar 1/4 do prato.

– Gordura desde que seja saudável e com moderação

Prefira os óleos vegetais saudáveis, como azeite, óleo de soja, milho, girassol, amendoim, e outros, evitando aqueles que são parcialmente hidrogenados, com gorduras trans não saudáveis. E lembre-se: baixo teor de gordura não significa “saudável”.

– Água ou chá, as melhores formas de hidratação

Evite as bebidas açucaradas, limite o leite e laticínios a 1-2 porções por dia, e limite os sumos naturais a um copo pequeno por dia.

– Mantenha-se ativo

Não basta fazer uma alimentação saudável. É preciso que esta se faça acompanhar pela atividade física, que não implica, obrigatoriamente, a inscrição num ginásio. O importante é que se mexa!

Os especialistas recordam ainda que o tipo de hidratos de carbono incluídos na dieta é mais importante do que a sua quantidade, uma vez que algumas fontes de hidratos, como legumes (exceto batatas), frutas, grãos integrais e feijão são mais saudáveis do que outros.

Posts relacionados